Carreata do Agasalho 2018 vai percorrer Cezar de Souza, Mogilar a Vila Industrial nesta quarta

Fundo Social de Solidariedade

15 de maio de 2018
Acessibilidade

Nesta quarta-feira (16/05), a partir das 8 horas, o Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes promove mais uma edição da tradicional Carreata do Agasalho. O evento, que percorre bairros da cidade em busca de doações de roupas de frio e cobertores, é parte da Campanha do Agasalho 2018, que foi lançada no dia 20 de março e se estende até 27 de julho.

A concentração e ponto de partida será o Tiro de Guerra de Mogi das Cruzes. De lá, sairão em carreata funcionários do Fundo Social, atiradores do Tiro de Guerra, agentes do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, escoteiros mirins, funcionários das Secretarias de Educação, Segurança e Transportes (agentes de trânsito), mais voluntários de uma forma geral.

O trajeto começa pelo Jardim São Pedro, em Cezar de Souza, que será percorrido no período da manhã e depois à tarde contempla o Mogilar e a Vila Industrial. Os voluntários baterão de porta em porta, pedindo doações. A previsão é que a ação se encerre às 17h.

Tradicionalmente, a carreata resulta em um grande volume de arrecadações, o que reitera a solidariedade do povo mogiano.

Tudo o que é arrecadado passa por um processo de triagem, para depois ser encaminhado às cerca de 200 entidades cadastradas junto ao Fundo Social de Solidariedade.

A Campanha do Agasalho tem por meta arrecadar milhares de roupas e peças de frio, incluindo cobertores, que serão distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade da cidade na época do inverno.

Cerca de 300 postos de arrecadação são distribuídos pela cidade, em pontos estratégicos, como unidades de ensino, supermercados, comércios, igrejas e prédios da Prefeitura de Mogi das Cruzes.

Paralelamente, o Fundo Social monta uma estrutura de separação e distribuição no Tiro de Guerra e em uma associação parceira, situada na Vila Pomar. Esses pontos ficam responsáveis por receber as peças, separá-las e preparar kits para homens, mulheres e crianças. Antes de serem distribuídas, as roupas que necessitam passam por pequenos reparos, como trocas de botões ou de zíperes.

Na sequencia, os kits são encaminhados às cerca de 200 entidades cadastradas junto ao Fundo Social. Este processo faz com que a distribuição seja rápida e também que os kits cheguem àqueles que efetivamente mais necessitam. Isso porque as entidades atuam diretamente nas comunidades, portanto conhecem bem a realidade de cada local.

Quem quiser participar da Campanha do Agasalho pode procurar um dos pontos de arrecadação ou então entrar em contato direto com o Fundo Social, pelo telefone 4798-5143. (Lívia de Sá)