Encontro discute possibilidade de parcerias para qualificação

Secretaria de Gabinete

09 de março de 2018
Acessibilidade

O prefeito Marcus Melo recebeu, na manhã desta sexta-feira (09/03), representantes do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), entidade que desenvolve projetos de gestão corporativa, educação empresarial e desenvolvimento de carreiras para empresas brasileiras, com o objetivo de aumentar a produtividade e competitividade do setor. O encontro foi para discutir a possibilidade de futuras parcerias e a instalação de um escritório do IEL na cidade. O instituto integra o chamado “Sistema S”, que reúne federações e confederações da indústria e do comércio, como Senai, Sesi, Senac e Sebrae.

“Queremos sempre aproximar mais o poder público das empresas, desenvolvendo parcerias. A indústria tem um grande papel em nossa cidade, junto com os setores de agricultura e serviços. É toda uma cadeia que precisa de parcerias e acesso à qualificação”, disse o prefeito.

“É muito bom ouvir esta disposição. Nosso papel é formar e melhorar a gestão das organizações. É um problema para o Brasil quando há distanciamento entre as empresas, os centros de conhecimento e o poder público. A desindustrialização e a falta de manufatura reduz emprego e renda. É necessário criar caminhos para a inovação e aumento da competitividade”, afirmou o gerente-executivo do IEL, Eduardo Vaz da Costa Jr.

O instituto existe há 45 anos, com 92 unidades no País, em todos os estados, dentro das federações das indústrias – exceto São Paulo, onde o vínculo é com a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O núcleo central do IEL é responsável pela coordenação executiva da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), movimento liderado pela CNI e pelas principais lideranças empresariais nacionais para fortalecer e ampliar a inovação no Brasil.

Também participaram do encontro o vice-prefeito Juliano Abe, os secretários municipais Marcos Regueiro (Gabinete e Gestão) e Clodoaldo de Moraes (Desenvolvimento), e os diretores Martin Mikl Jr. e Maria Lúcia de Freitas, além da especialista em Desenvolvimento Industrial do IEL, Renata Guimarães. (Julio Nogueira)