Fórum de Braz Cubas começa a funcionar em três meses e Alckmin destaca parceria

Secretaria de Gabinete

19 de abril de 2017
Acessibilidade

O novo Fórum de Mogi das Cruzes, instalado em Braz Cubas, começa a funcionar em três meses. O prédio, resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e o Governo do Estado, foi entregue ontem pelo governador Geraldo Alckmin para o Tribunal de Justiça, a quem cabe agora equipar e implantar toda a rede de lógica.

O prefeito Marcus Melo destacou, durante a solenidade, a importância deste novo equipamento e o benefício que trará para o Poder Judiciário em Mogi das Cruzes, o que resultará em ganho também para a população. “Quando todos se unem em prol da cidade, quem ganha é a população”, afirmou Melo, lembrando que em 2011 foi um dos responsáveis em apresentar aquela área para técnicos do Tribunal de Justiça e da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo.

O terreno de 15 mil metros quadrados foi revertido da empresa Placo do Brasil, após ter sido doado pela Administração Municipal e não ter sido utilizado. Na parceria, a Prefeitura cedeu o terreno e o Governo do Estado construiu o prédio que tem cerca de 10 mil metros quadrados e onde funcionará as Varas Criminais. “É preciso destacar o trabalho e o emprenho do ex-prefeito Marco Bertaiolli em todo este processo, inclusive quando a empresa contratada teve problemas financeiros e uma nova licitação teve de ser aberta pelo Estado para conclusão da obra”, ressalta Melo.

O governador Alckmin também lembrou as diversas parcerias do Governo com a cidade de Mogi das Cruzes. Entre os destaques, ele citou o Hospital Municipal, em Braz Cubas, e a nova avenida das Orquídeas, que é o prolongamento da Avenida Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar e Guilherme George, abrindo uma ligação até a cidade de Suzano. “Sempre tivemos com Mogi das Cruzes uma muito bem sucedida política de desenvolvimento econômico e social. Fomos parceiros do ex-prefeito Bertaiolli e continuaremos este mesmo trabalho agora com o prefeito Marcus”.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, desembargador Paulo Dimas Mascaretti, também prestigiou o evento e destacou as novas instalações do prédio, que são amplas e oferecerão conforto tanto para os servidores como para a população.

Fórum

O prédio foi construído pelo modelo de layout acoplado flexível, que facilita a ampliação das áreas para expansão dos serviços. Afora a área construída, ainda restam 5 mil metros quadrados para uma futura ampliação. Em seu interior, as instalações são amplas e confortáveis, com estacionamento e em uma localização de fácil acesso. Nesta nova unidade ficarão a varas criminais, enquanto no Fórum central permanecerão as cíveis.

Em 2014, o Fórum Distrital de Braz Cubas foi extinto e sua estrutura foi unificada ao Fórum de Mogi das Cruzes, com a instalação da 6ª e 7ª Varas Cíveis, bem como da 3ª Vara Criminal e da Vara da Infância e da Juventude. A medida teve como objetivo agilizar a tramitação dos processos judiciais em Mogi das Cruzes. Com a unificação, a divisão do funcionamento dos prédios do Fórum do Centro Cívico e de Braz Cubas passou a ser estrutural e não mais territorial.

A viabilização de um novo prédio para o Fórum de Braz Cubas foi possível após intensas negociações realizadas entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e a Secretaria Estadual de Justiça e Defesa da Cidadania.

Em dezembro de 2011, foi celebrado o protocolo de intenções entre a Administração Municipal e o Governo do Estado para a realização da obra e, em junho de 2012, a Prefeitura de Mogi das Cruzes conseguiu a reversão da área que havia sido doada para uma empresa e não ainda havia sido utilizada. Finalizada essa negociação, a doação pôde ser feita e o novo Fórum construído por meio da parceria entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e o Governo do Estado. (Ana Figueiredo)