Mogi apresenta trabalho durante o 33º Congresso Nacional de Secretarias de Saúde, em Brasília

Secretaria de Saúde

13 de julho de 2017
Acessibilidade

Mogi das Cruzes está participando do 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília, com o trabalho “Acupuntura, Automassagem e Auriculoterapia no Município de Mogi das Cruzes: Implantação das Práticas Integrativas e Complementares na Rede Básica Municipal”. O projeto foi premiado com Menção Honrosa no encontro estadual, realizado no último mês de março, de onde surgiu o convite para a exposição nacional.

O 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde reúne secretários municipais de Saúde de todo o País, profissionais da área, dirigentes estaduais e representantes do Ministério da Saúde para a troca de conhecimentos e experiências. Neste ano, o tema do encontro é “Diálogos no Cotidiano da Gestão Municipal do SUS" e a programação se estende até sábado, dia 15 de julho.

“O Conasems é mais uma importante oportunidade para o aprofundamento de ideias e o fortalecimento de ações que possam ser aplicadas no cotidiano dos municípios. É um momento de reciclagem e conhecimento, princípios fundamentais na área da saúde”, afirma o secretário municipal de Saúde, Téo Cusatis, que fez questão de prestigiar a apresentação do trabalho mogiano.

“Acupuntura, Automassagem e Auriculoterapia no Município de Mogi das Cruzes” foi apresentado pelo psicólogo Adriano Granado dentro da Mostra “Brasil, aqui tem SUS”, espaço destinado para o intercambio de experiências municipais bem sucedidas no Sistema Único de Saúde. O trabalho revela detalhes de um novo atendimento iniciado pelo Programa de Saúde Mental e que, gradativamente, está sendo estendido para a Rede de Atenção Básica.

No primeiro semestre, foi concluída a capacitação da primeira turma do curso de Práticas Integrativas e Complementares na Rede Básica de Saúde, com formação em Automassagem Chinesa, e a segunda turma terá início no dia 19 de agosto. O objetivo é ampliar os cuidados em saúde mental e garantir atendimento especializado aliado aos benefícios físicos e emocionais, como melhora de problemas como ansiedade e depressão e o aumento da qualidade de vida por meio da socialização e dos cuidados psicossociais.