Secretário estadual da Saúde inicia mutirão com o prefeito e descarta fechamento de PS

Secretaria de Saúde

18 de março de 2017
Acessibilidade

A pedido do prefeito Marcus Melo, a cidade de Mogi das Cruzes foi incluída no Megamutirão da Saúde, que o governo do Estado está realizando em diversos municípios. Aqui foram priorizadas as principais demandas apontadas pela Secretaria Municipal de Saúde, como ultrassonografia geral, colonoscopia, ultrassonografia com doppler e espirometria, entre outros.

O secretário estadual da Saúde, David Uip e o prefeito Marcus Melo acompanharam, na manhã deste sábado  (18/03), o primeiro dia de mutirão no Ambulatório Médico de Especialidades (AME). Esta ação, que visa diminuir a fila de espera, vai até o próximo dia 25.

Segundo o prefeito, na semana passada, a Prefeitura de Mogi apresentou um levantamento em que apontava as necessidades. “Esta é uma parceria fundamental. É preciso que Estado e município atuem de forma integrada, porque cada cidade tem a sua peculiaridade”, afirmou.

Melo entregou ainda para o secretário Uip uma cópia do prêmio recebido recentemente pelo Hospital Municipal de Mogi das Cruzes no quesito sustentabilidade. “O Hospital Municipal é um exemplo de gestão compartilhada. Temos investimentos dos governos municipal, estadual e federal”, disse.

Sobre questões relacionadas à cidade de uma forma geral, o secretário de Estado disse que o setor de radiologia no Hospital Luzia de Pinho Melo começa a funcionar em maio. “Já terminamos a obra, agora estamos na fase de equipar a unidade”. Ele salientou ainda que o hospital ganhará um heliponto, conforme uma reivindicação da cidade. “Mogi das Cruzes é cortada por inúmeras cidades e precisa mesmo de um ponto de apoio para o socorro aéreo”.

Uip aproveitou sua vinda para Mogi das Cruzes para desmentir boatos de que o pronto-socorro do Hospital Luzia de Pinho Melo iria fechar. “Não existe esta conversa e este boato acaba aqui”, disse o secretário.

Na abertura do mutirão, o prefeito lembrou da parceria que a Prefeitura de Mogi das Cruzes tem como o AME, desde a construção do prédio. “O terreno é da Prefeitura, que também construiu o prédio. E isso é muito gratificante porque o AME de Mogi das Cruzes tem uma aprovação de quase 98% da população, conforme pesquisa feita pelo governo do Estado”.

O secretário municipal de Saúde, Marcello Cusatis, também acompanhou a visita e destacou a importância da presença do secretário Uip em Mogi das Cruzes. “Ele poderia estar em qualquer outra cidade, mas escolheu a nossa. Isso demonstra a força da administração municipal, que vem administrando de forma bastante eficiente a área da saúde na nossa cidade”, disse. (Ana Figueiredo)