Setembro Amarelo promove diversas ações de conscientização e prevenção ao suicídio

Secretaria de Saúde

10 de setembro de 2019
Acessibilidade

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Rede Municipal de Atenção Psicossocial, está promovendo uma programação especial para fortalecer o “Setembro Amarelo”, campanha brasileira de prevenção ao suicídio. Para conscientizar e fortalecer as ações, unidades de saúde promovem atividades voltadas para a conscientização, informação e diálogo sobre o tema. O mês foi escolhido para a campanha porque 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

O assunto, que já foi um tabu muito maior, ainda enfrenta dificuldades na identificação de sinais, oferta e busca por ajuda, justamente pelos preconceitos e pela falta de informação. Em Mogi das Cruzes, as ações ocorrem em atenção à Lei Municipal nº 7.391, de 28 de setembro de 2018, que institui a “Semana de Valorização da Vida”.

A programação foi iniciada no dia 2 de setembro com uma palestra ministrada no Tiro de Guerra pela equipe do Posto de Saúde Vila Suíssa. Na quinta, dia 5, a unidade realizou a primeira roda de conversa e, até o final do mês, diversos eventos serão promovidos pelas unidades de saúde.

No dia 17, às 14 horas, a médica Patrícia Guterres Oliveira, diretora clínica do Ambulatório de Saúde Mental e pós-graduanda em Psiquiatria Infantil, fará a videoconferência “Setembro Amarelo - Violências Autoprovocadas: Aspectos Epidemiológicos, Manejo e Prevenção” para educadores da Rede Estadual de Ensino. O objetivo é multiplicar as informações para aumentar as possibilidades de proteção das crianças e adolescentes, com espaço para os participantes tirarem dúvidas sobre o tema.

No CAPS II – Centro de Atenção Psicossocial, a psicóloga Cristiane Meloni Paraventi, juntamente com a equipe de saúde, preparou uma agenda especial para os pacientes e familiares. Ao longo do mês, serão realizadas oficinas sobre o tema, mensagens inspiradoras e a palestra “Como ajudar alguém com comportamento suicida”. Também serão ofertadas atividades físicas ao ar livre. Outras unidades de Saúde, como Vila Suíssa, Jardim Camila e Cecco – Centro de Convivência e Cooperativa, também prepararam uma agenda de eventos para reforçar o Setembro Amarelo. Em todos os equipamentos, o tema será lembrando.

Práticas Integrativas

Além dos protocolos tradicionais de atendimentos preconizados pelo Ministério de Saúde adotados pelo município, algumas unidades mogianas investem em oficinais e práticas integrativas como forma de auxiliar no tratamento e prevenção de doenças. As atividades exercidas auxiliam na promoção da saúde e servem para identificação, prevenção e combate à depressão e ao suicídio.

As rodas de conversas estão entre as práticas integrativas mais utilizadas nos equipamentos de saúde. Os psicólogos Adriano Sérgio Granado e Guilherme dos Santos, da UBS Jundiapeba, utilizam o diálogo abordando temas que refletem diretamente no dia-a-dia dos participantes. “Ao adotar as práticas integrativas, percebemos que nem tudo é questão de passar com médico. Numa roda de conversa podemos dialogar, desabafar, falar de superações e assim construirmos um ambiente propício para a promoção de saúde”, explica Guilherme. Os encontros também são oportunidades para identificar comportamentos que reflitam sinais da depressão.

Confira os principais eventos do Setembro Amarelo:

***Dia 17/09: Videoconferência “Setembro Amarelo - Violências Autoprovocadas: Aspectos Epidemiológicos, Manejo e Prevenção” com a coordenadora médica do Ambulatório Municipal de Saúde Mental, Patrícia Guterres, para a Rede Estadual de Ensino

Caps II – Centro de Atenção Psicossocial

16/09: Caminhada no Parque Centenário com lanche – Promoção da

qualidade de vida, bem-estar e convívio social. Exposição de artesanatos

confeccionados pelos usuários na cor amarela.

17/09: Oficina aberta de dança. Roda de violão com o professor David.

18/09: Oficina de Mensagens Inspiradoras: trabalhando os sentimentos de valorização da vida.

19/09: Oficina “Histórias de apoio e superação” - Fortalecendo a

autoconfiança e a capacidade de resolução dos problemas.

20/09: Oficina educativa - “Como ajudar alguém com comportamento

suicida?” Roda de conversa e debates.

25/09: “Um Dia no Parque” - Atividades ao ar livre. Visibilidade da cor

amarela e lanche de confraternização entre os usuários e familiares.

UBS Jardim Camila

Dia 10/09: Matriciamento na UBS Vila Natal com discussão do tema pela equipe de profissionais participantes.

Dias 10, 18 e 30/09, às 9 horas: Rodas de conversas com pacientes e familiares sobre Depressão e Prevenção do Suicídio

UBS Vila Suíssa

Dia 02/09: Palestra no Tiro de Guerra

Dias 13 e 27/09, às 13h30: Roda de conversa no Grupo Gestar (gestantes) Dias 05, 12, 19 e 26/09, às 13h: Roda de conversa no grupo Mamãe-bebê. O tema será abordado em todos os grupos de psicoterapia (adolescentes,

adultos, idosos e orientação de pais) como espaços de conversa sobre

prevenção ao suicídio e também nas salas de espera.

Cecco – Centro de Convivência e Cooperativa

Dia 13/09, das 14 às 17 horas: Roda de conversa com usuários e familiares.

UBS Jundiapeba

Dia 19/09, às 14h30: Oficina de Prática Meditativa, método que permite

transformações mentais, emocionais e físicas, promovendo harmonia e

melhora na qualidade de vida.

Obs.: atividade será realizada no auditório da Unica, que fica na rua

Professora Lucinda Bastos, 1.790