Cidade apresenta ofício com pleitos à Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo

Coordenadoria de Turismo

08 de março de 2018
Acessibilidade

O secretário municipal de Cultura e coordenador municipal de Turismo, Mateus Sartori, reuniu-se, na manhã desta quinta-feira (08/03) com o secretário estadual de Turismo, Fabrício Cobra Arbex, para apresentar um ofício solicitando apoio do Governo do Estado na implantação de melhorias para a infraestrutura turística da cidade. A reunião foi viabilizada pelo deputado estadual Marcos Damásio, que também participou do encontro.

O ofício toma como base o fato de Mogi das Cruzes ter sido reconhecida pelo Governo do Estado como Município de Interesse Turístico, o que justifica a necessidade de constantes investimentos para o fortalecimento do turismo local.

Três das principais rotas turísticas que cortam o município são abordadas no ofício. Uma delas é a Rota da Luz, que está inserida no Programa Caminho São Paulo, da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo e que foi concebida para garantir o bem-estar e a segurança dos caminhantes que antes realizavam a peregrinação até Aparecida do Norte pelas margens da Via Dutra.

Para este destino, a Coordenadoria de Turismo da cidade pediu nova sinalização, com material mais resistente à ação do tempo e às depredações, instalação de totens e quiosques para descanso e informações e confecção de novo material gráfico para distribuição aos romeiros nos postos de parada e informações.

Os mesmos pedidos foram feitos para o Caminho do Sal, trajeto com mais de 300 anos, sendo quase quatro desde que foi reconhecido como rota turística e que mantém viva a história colonial do Brasil, interligando São Bernardo do Campo, Santo André e Mogi das Cruzes.

Já para a Rota Franciscana – Frei Galvão – outra que está inserida no programa Caminha São Paulo e que percorre os principais atrativos turísticos da capital e de 30 outros municípios – foi solicitada uma revitalização da rota, em especial no trecho que engloba Mogi das Cruzes, Alto Tietê e Vale do Paraíba, mais elaboração de novo material gráfico, sinalização e divulgação.

Ainda no que tange à sinalização, foi pedido apoio do Estado também para instalação de placas de sinalização turística nas principais rodovias que dão acesso à Mogi e região.

O aplicativo Caminha São Paulo, que serve como apoio ao turista, também embasou um dos pleitos apresentados. A solicitação é para uma atualização e revisão técnica do dispositivo, com o objetivo de solucionar falhas operacionais.

O ofício também abarca um pedido de aproximação entre a Secretaria Estadual de Turismo e as câmaras técnicas do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), bem como o Circuito Turístico das Nascentes, com o objetivo de promover o turismo de forma sustentável na região. Lembrando que, além de Mogi, Santa Isabel e Guararema também são reconhecidos como Municípios de Interesse Turístico.

Outra iniciativa para a qual o município pede auxílio é a realização do 1º Seminário de Turismo de Mogi das Cruzes, um evento novo, que visa reunir profissionais especializados na área de turismo, com o objetivo de discutir políticas públicas e demais assuntos pertinentes ao setor. Ao Governo do Estado, a Prefeitura solicita apoio com a presença de autoridades na área, que possa palestrar e fazer exposições, além de apoio operacional na parte de montagem de estando do turismo paulista.

“Estamos buscando apoio para impulsionar o turismo local de todas as maneiras possíveis. Cadastramos projetos no Ministério do Turismo, temos recursos garantidos via MIT e agora apresentamos esses pleitos ao secretário estadual. Esperamos, claro, ser atendidos no máximo de ações que for possível”, destaca o secretário, Mateus Sartori. (Lívia de Sá)