Mogi das Cruzes

Mogi das Cruzes é uma das cidades históricas do Brasil. Em 1560, a localidade era um ponto de descanso do bandeirante Braz Cubas em suas longas caminhadas no meio da mata. Situada às margens do Rio Anhembi — hoje chamado Tietê —, a região passou a ser utilizada como ponto de repouso por outros bandeirantes e rapidamente se tornou um povoado, que foi elevado à vila em 1º de setembro de 1611, recebendo o nome de “Villa de Sant’Ana de Mogi Mirim”.

Naquela época, já havia uma estrada que dava acesso a São Paulo, construída pelo também bandeirante Gaspar Vaz. Em pouco tempo, essa via passou a transportar uma quantidade crescente de pessoas, riquezas e suprimentos, fazendo a vila crescer e se tornar uma cidade — Mogi das Cruzes. Esse resumo mostra a vocação de Mogi para o crescimento e o progresso. Uma vocação que se confunde com a própria história da cidade.

Mais de quatro séculos e meio depois, Mogi mantém o ritmo de desenvolvimento e possui distritos prósperos, onde se concentram desde o cinturão verde de São Paulo até as empresas de pequeno, médio e grande portes, responsáveis pela geração de milhares de empregos.