Evento marca início das Campanhas Outubro Mais Rosa e Novembro Mais Azul

Secretaria de Saúde

04 de outubro de 2019
Acessibilidade

A presidente do Fundo Social de Solidariedade, Karin Melo, e o secretário municipal de Saúde, Francisco Bezerra, participaram, nesta sexta-feira (04/10), da abertura das Campanhas Outubro Mais Rosa e Novembro Mais Azul, realizado no auditório da Escola de Governo. No encontro, o público presente pode conferir palestras ministradas pelo ginecologista Rafael Albuquerque e pelo urologista Carlos Eduardo de Godoi Marins.

As Campanhas Outubro Mais Rosa e Novembro Mais Azul têm como objetivo aumentar a conscientização sobre a importância da prevenção dos cânceres de mama, colo uterino e próstata. Buscam, ainda, facilitar o acesso dos munícipes ao diagnóstico precoce, ampliando as chances de cura.

“Temos que falar cada vez mais sobre a importância dos exames e cuidados preventivos, seja nos postos de saúde ou em eventos públicos, como teremos durante todo o mês em nossa cidade”, explicou o secretário Francisco Bezerra, lembrando que o Pró-Mulher estará aberto neste sábado (05/10) para coletas de Papanicolau, palestra e outras ações de conscientização.

Para as mulheres, a campanha divulga os principais sinais e sintomas do câncer de colo de útero e do câncer de mama. “Todo mês alguma doença é lembrada pelas campanhas e o nosso papel é atuar como multiplicadores das informações junto à comunidade. Quanto mais informação, maior será o cuidado e a prevenção”, afirmou a presidente do Fundo Social.

Durante sua palestra, o ginecologista e coordenador do Programa de Planejamento Familiar da Secretaria Municipal de Saúde, Rafael Albuquerque, explicou que o câncer de mama está entre as doenças mais temidas pelas mulheres devido à alta frequência e seus efeitos físicos e psicológicos. “A mamografia é o exame ideal para detectarmos qualquer sinal de doença”, ressaltou.

Entre os sintomas perceptíveis estão o surgimento de nódulo ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor mamária. Também podem surgir alterações na pele que recobre a mama e nódulos palpáveis na axila.

Já o urologista Carlos Marins falou sobre os fatores de risco para o câncer de próstata, cuidados necessários e a necessidade de ampliar as informações para reduzir o preconceito entre os homens. “Os exames indicados são o toque retal e o exame de PSA, que é feito pela coleta de sangue”, explicou.

Em novembro, serão agendados nas unidades de saúde exames de PSA (exame de sangue) para homens de 45 a 70 anos que não estejam em tratamento com urologista nem tenham realizado esse procedimento diagnóstico nos últimos doze meses.

 

PROGRAMAÇÃO

Sábado, 05/10 – das 8h às 17h

Locais: Pró-Mulher e PSFs

Ações: Coleta de Papanicolau, Palestra sobre Planejamento Familiar e Exames de Colonoscopia

Sábado, 12/10 - das 9h às 15h

Local: Parque Centenário

Coleta de Papanicolau

Local: Parque Leon Feffer

Testagem rápida HIV/Sífilis

Sábado e domingo, 19 e 20/10 - das 10h às 18h

Local: Secretaria de Verde e Meio Ambiente

Ação com a Red House Tatoo

Coleta de Papanicolau

Testagem rápida HIV/Sífilis 

Sábado, dia 26/10 - das 8h às 16h

Local: Parque da Cidade - Caminhada Kobayashi

Coleta de Papanicolau

Testagem rápida HIV/Sífilis