Prefeitura investe R$ 7 milhões em obras de recuperação da malha viária

Secretaria de Serviços Urbanos

08 de julho de 2020
Acessibilidade

A Prefeitura de Mogi das Cruzes vem investindo de forma contínua na recuperação da malha viária do município. Em pouco mais de 30 dias, sete importantes ruas e avenidas da cidade passaram por obras de recapeamento, que consiste na troca da capa asfáltica e também de asfaltamento, com a implantação de asfalto em núcleos até então desprovidos dessa estrutura. Ao todo, são mais de 6 quilômetros de vias contemplados e um investimento que se aproxima dos R$ 7 milhões. 

A primeira via a ser entregue foi a avenida General Dutra, no bairro Cidade Parquelândia, que teve 1,2 mil metros recuperados. Com investimento de R$ 630.726,64, os trabalhos foram realizados pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e fazem parte da segunda fase do programa Asfalto Melhor.

Na sequência, a Prefeitura entregou o recapeamento da avenida Professor Ismael Alves dos Santos, no Mogilar, que recebeu nova capa asfáltica em toda sua extensão, desde o encontro com a avenida Francisco Rodrigues Filho, próximo ao Terminal Rodoviário Geraldo Scavone, até a avenida Prefeito Carlos Ferreira Lopes. O investimento da Prefeitura foi de R$ 942.689,88 e, ao todo, foram recuperados 12,6 mil metros quadrados, nos dois sentidos da via. 

Outra rua a ser recuperada e entregue foi a Professor Álvaro Pavan, no Centro Cívico. A via recebeu obras no trecho entre a avenida Manoel Bezerra de Lima Filho e a rotatória da avenida Cândido Xavier de Almeida e Souza. O serviço teve investimento de R$ 419.728,49 e contemplou uma área total de 3.680 metros quadrados.

Ainda em junho, a Prefeitura entregou as obras de drenagem, implantação de guias e sarjetas e pavimentação na avenida Alício de Carvalho, em Jundiapeba. Ali, o asfalto veio para complementar as melhorias no sistema de drenagem, também executadas por equipes da Prefeitura de Mogi e o investimento foi de R$ 705 mil, numa extensão de 600 metros. 2.200 metros lineares.

Também foram finalizados os trabalhos de recapeamento na avenida Henrique Eroles, que é um dos principais corredores da região do Alto do Ipiranga. Os serviços foram realizados em cerca de 2 quilômetros da via, entre a rua Ipiranga e o Jardim Ivete e o investimento, apenas nessa via, foi de R$ 1,5 milhão.

A Administração entregou ainda os trabalhos de recuperação da avenida Katsuji Kitaguchi, na Vila São Francisco. A via recebeu, em um trecho de 310 metros, serviços de drenagem, implantação de guias, sarjetas e colocação de asfalto. Os trabalhos foram realizados com mão-de-obra própria, das equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e tiveram investimento de R$ 695 mil.

A mais recente entrega foi da avenida Capitão Manoel Rudge, importante corredor comercial da região do Parque Monte Líbano, que teve a capa asfáltica substituída em toda a sua extensão, num trecho de 630 metros lineares, entre as avenidas Frederido Straube e Antônio do Nascimento Costa. O investimento superou os R$ 600 mil.

Complementarmente, as equipes da Prefeitura acabam de abrir mais uma grande frente de asfaltamento, no Jardim Piatã II. Em uma primeira fase, os serviços vão contemplar uma área de 1.800 metros quadrados, que engloba as ruas Bragança Paulista, Barra Velha e Caraguatatuba. Trata-se de um investimento de mais de R$ 1,5 milhão, sendo R$ 800 mil de material, como asfalto e emulsão. Eles serão executados ao longo das próximas semanas e vão requerer cerca de 20 dias úteis para que sejam finalizados.   

Vale destacar que as obras foram ora executadas por equipes próprias, da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, ora contratadas e executadas por empresas, tendo acompanhamento por parte da Secretaria Municipal de Obras.   

Asfalto Melhor

Desde que teve início, em 2017, o programa Asfalto Melhor já contemplou 18 ruas e avenidas da cidade com obras de recapeamento, que foram o foco  da fase 1. Já na fase 2, iniciada em 2019, o programa passou a agregar também serviços de asfaltamento, contemplando sete vias públicas, além de espaços públicos, como pátios, estacionamentos e escolas. Conforme levantamentos da Secretaria de Serviços Urbanos, até o momento são 199.933 metros quadrados atendidos com os trabalhos, 21.862 toneladas de asfalto utilizadas e R$ 8,6 milhões de investimento.