Segurança de Mogi das Cruzes é destaque entre as 100 maiores cidades brasileiras

Secretaria de Segurança

20 de fevereiro de 2020
Acessibilidade

A segurança pública de Mogi das Cruzes foi um dos destaques no ranking do Índice dos Desafios da Gestão Municipal (IDGM), realizado pelo Instituto MacroPlan e publicado na Revista Exame deste mês. A cidade aparece como a sétima mais segura entre as 100 maiores do país.

A cidade registrou índice de 0,885 e subiu 29 posições em comparação com o ranking de 2017 e duas posições em relação ao de 2018. O estudo leva em conta os índices de taxa de homicídios registrados no município e o número de mortes em acidentes de trânsito.

“Os números do IDGM de segurança pública são bastante positivos para Mogi das Cruzes e mostram que a cidade está no caminho certo, com investimentos para tornar o nosso município um lugar mais seguro para nossas famílias e amigos e melhor para se viver”, destacou o prefeito Marcus Melo.

Mogi das Cruzes é o segundo município com o menor índice de homicídios registrados por 100 mil habitantes, de acordo com os números reunidos no estudo. Foram 5,99 homicídios registrados para cada 100 mil habitantes. Comparado com o início dos estudos, a evolução é clara. Em 2007, foram 12,40 homicídios por 100 mil habitantes de 2007, uma redução de 51,69% no período.

Em números absolutos, entre 2007 e o estudo divulgado nesta semana, os homicídios diminuíram de 45 para 26, representando uma queda de 42,22%.

Em Mogi das Cruzes, a Prefeitura participa ativamente do investimento em segurança, com o trabalho da Guarda Municipal e um trabalho de parceria com as Polícias Militar e Civil. A fiscalização sobre ocupações irregulares e comércio clandestino e a Defesa Civil também fazem parte da estrutura.

“O trabalho com a segurança pública é uma novidade para os municípios e também uma demanda constante da sociedade. Em Mogi das Cruzes, a Prefeitura vem fortalecendo as ações da Guarda Municipal, com reforço no efetivo, novas viaturas, equipamentos e infraestrutura para termos uma cidade cada vez segura para os mogianos”, reforça Marcus Melo.

A utilização de tecnologia na segurança é uma das ações adotadas pela administração municipal. Nos últimos anos, o sistema de monitoramento foi ampliado, com a instalação de novas câmeras. Com isso, o número de equipamentos em vias públicas passou de 53 para 106.

A Guarda Municipal passou a atuar ativamente junto ao patrulhamento da cidade e também vem recebendo investimentos de treinamento, capacitação, ampliação de efetivo e estrutura. Em março, 40 novos guardas municipais concluem o Curso de Formação e estarão aptos a atuar nas ruas. Eles se juntarão a outros 40 profissionais que se formaram em 2019, totalizando 80 novos guardas. Assim, o efetivo da Guarda Municipal atualmente é de 249 profissionais.

Desde 2017, a corporação também recebeu 29 novas viaturas, entre motocicletas, automóveis e veículos para atuar em locais de difícil acesso. A ampliação de pessoal e viaturas permitiu a criação de novos grupamentos, como a Ronda Escolar, a Patrulha Rural, que atua na área rural e regiões mais distantes do centro urbano, e a Patrulha Maria da Penha, que trabalha na proteção a mulheres vítimas de violência, com o acompanhamento de mais de 500 medidas protetivas.

A administração municipal também faz investimento em infraestrutura, com a construção de novos equipamento. O distrito de Jundiapeba deverá receber em março o Polo Municipal de Segurança, que melhorará o atendimento de segurança no distrito e bairros próximos. A estrutura tem investimento de R$ 1 milhão e contará com uma base para a Guarda Municipal, Centro de Formação e Treinamento, inclusive com local para a prática de tiro, e espaço para o canil da Guarda Municipal. A Prefeitura também trabalha junto ao Governo do Estado para a instalação de um Batalhão de Ações Especiais da Polícia (Baep) no Polo Municipal de Segurança.

Já na avenida Engenheiro Miguel Gemma, está em andamento a construção da Central de Inteligência da Guarda Municipal. A obra tem investimento de R$ 3,9 milhões e reunirá as estruturas operacionais da Secretaria Municipal de Segurança e da Guarda Municipal, além da nova Central de Monitoramento.

O Centro também receberá melhorias em breve. Uma base da Guarda Municipal será construída na praça Oswaldo Cruz, dentro do trabalho de renovação urbana da região central. A estrutura contará com uma central de monitoramento das câmeras do Centro. (Luiz Maritan)