Equipe do Cejam arrecada e entrega tampas plásticas para o projeto Tampinha Solidária

Fundo Social

24 de maio de 2019
Acessibilidade

A presidente do Fundo Social de Mogi das Cruzes, Karin Melo, esteve na sede da Associação dos Agricultores do Cocuera na manhã desta sexta-feira (24/05), para receber a doação de tampinhas da equipe do Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim” - Cejam, responsável pela gestão da unidade da Unidade de Saúde da Família (PSF) do Cocuera. Todo o material será destinado à campanha Tampinha Solidária.

A entrega aconteceu na sede da entidade, pois a unidade de saúde está passando por reformas e atendendo temporariamente na prédio da associação, às margens da Rodovia Mogi-Salesópolis. Não só a equipe do PSF, como de todas as unidades geridas pelo Cejam, tonaram-se pontos de coleta e estão arrecadando tampinhas para a campanha. Em Mogi, o Cejam administra todos as unidades de Saúde da Família, a Unica de Jundiapeba, o Sistema Integrado de Saúde (SIS) e o Laboratório Municipal.

“Quero agradecer a cada um de vocês. O Cejam já nos ajuda todo ano com a Campanha do Agasalho e agora também está engajado na arrecadação de tampinhas para o projeto Tampinha Solidária. Este é um projeto novo, que vai reverter tudo o que conseguirmos com a venda das tampinhas para ONGs, protetores e cuidadores de animais. Ainda estamos na etapa da separação por cores, que está sendo feita em uma sala lá no Pró-Hiper, mas acredito que já tenhamos conseguido arrecadar cerca de 2 toneladas de tampinhas”, destacou, lembrando que essa é uma campanha permanente, portanto é fundamental que as pessoas continuem separando e entregando as tampinhas nos pontos de coleta.

“Quanto mais as pessoas separarem e entregarem as tampinhas, mais vamos conseguir ajudar os cuidadores de animais. Sempre digo que o ato de separar as tampinhas plásticas, que podem ser de qualquer tipo e tamanho, acaba se tornando um hábito e algo natural na nossa rotina. É muito bom saber que estamos incentivando a reciclagem, retirando esse material do meio ambiente e, ao mesmo tempo, revertendo tudo isso para os bichinhos que tanto amamos”, concluiu.

A sala de separação das tampinhas entrou em funcionamento na última sexta-feira (17/05) e, a princípio, fica aberta todas as terças, quintas e sextas-feiras, das 14h às 18h. A separação por cor é uma etapa muito importante, pois na hora da venda o material vale quase três vezes mais se já está separado por cor. Quem está fazendo o trabalho de separação são os voluntários do programa Família Solidária, porém se alguém quiser ajudar, basta entrar em contato com o Fundo Social, pelo telefone 4798-5143.

Sobre os pontos de coleta, já são 300 espalhados por todo o município, apenas dois meses depois do lançamento do projeto. A relação completa de pontos pode ser conferida no site da Prefeitura de Mogi. Para quem quer se tornar um ponto de coleta, a orientação também é entrar em contato com o Fundo Social, pelo 4798-5143. (Lívia de Sá)