Inscrições para 1º Hackathon da Segurança seguem até 25 de janeiro

Secretaria de Desenvolvimento

16 de janeiro de 2019
Acessibilidade

As inscrições para o 1º Hackathon da Segurança de Mogi das Cruzes começam nesta quarta-feira (16/01) e seguem até o dia 25 de janeiro, exclusivamente pela internet. O formulário está disponível neste site, ou diretamente no endereço http://www.hackathon.pmmc.com.br/. O Hackaton, que será realizado nos dias 2 e 3 de fevereiro, no Polo Digital, tem como objetivo propor às startups e empreendedores o compartilhamento de experiências, discussão de ideias e criação de soluções tecnológicas e propostas inovadoras que gerem impacto positivo na segurança pública da cidade.

A palavra Hackathon vem de hacker + marathon: uma maratona de programação. O evento surgiu em 1999 e reúne equipes multidisciplinares que buscam desenvolver soluções tecnológicas para os desafios de uma área específica.

Será a primeira maratona de programação do Alto Tietê e região, promovida pela Prefeitura de Mogi das Cruzes. “Nossa proposta é compartilhar os desafios da cidade com os empreendedores, para que juntos possamos chegar a soluções viáveis e inovadoras”, afirma o prefeito mogiano, Marcus Melo.

Equipes multidisciplinares estarão reunidas por 26 horas para elaborar soluções sobre os desafios apresentados sobre o tema e desenvolverão projetos relacionados às políticas públicas de segurança da cidade, como inteligência de dados, combate a eventos clandestinos, irregularidades ambientais e comunicação com o munícipe.

São 40 vagas e poderão ser formadas até 10 equipes de quatro componentes cada. Podem se inscrever profissionais de tecnologia, design, administração, marketing, planejamento estratégico e empreendedores em geral, com idade mínima de 18 anos.

As propostas elaboradas pelos participantes poderão ser implementadas pela Secretaria Municipal de Segurança.

Tecnologia

Mogi das Cruzes encontrou na tecnologia um novo segmento econômico importante para o desenvolvimento da cidade. Há pouco mais de um ano, a Administração Municipal criou seu próprio Polo Digital, que conta com mais de 2 mil membros e possui 10 startups incubadas.

Em dezembro de 2017, a cidade instituiu o Sistema Municipal de Inovação, formado pelo Conselho Municipal de Inovação e Tecnologia (CMIT), o Fundo Municipal de Inovação e Tecnologia (FMIT) e a Escola de Empreendedorismo e Inovação.

O 1º Hackathon da Segurança de Mogi das Cruzes seguirá o Hack Day Manifesto, documento internacional reconhecido por toda a comunidade de desenvolvedores e utilizado por grandes empresas e órgão, e serve como guia para a organização destas maratonas. O evento conta com a parceria da Associação Alto Tietê Valley, a comunidade CaquiCoders e a 76 Telecom.

O evento está sendo construído de forma colaborativa e coletiva pela Prefeitura de Mogi das Cruzes e empreendedores da área. Pela Prefeitura, a organização é conduzida pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico, Segurança Pública, Gabinete e Coordenadoria de Comunicação Social. (Julio Nogueira)