Semae inicia obras de sistema de esgotamento sanitário no Distrito de Sabaúna

Serviço Municipal de Águas e Esgotos

03 de abril de 2018
Acessibilidade

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) iniciou as obras para implantação de um sistema autônomo de coleta, condução e tratamento de esgoto em Sabaúna. O investimento é de R$ 2,6 milhões na construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto, rede e três estações de bombeamento, todas na Vila Andrade, área central do Distrito. A capacidade de tratamento será de 9 litros por segundo para atender uma população de 4.800 pessoas.

O serviço começou com a implantação de 860 metros de rede coletora. A obra terá duração prevista de dez meses.

A Vila Mathias, também na região central de Sabaúna, será contemplada posteriormente. O bairro está incluído no projeto de sistemas de esgotamento sanitário em núcleos isolados.

O investimento nos projetos será de R$ 5,7 milhões, sendo R$ 4,6 milhões com recursos do Ministério das Cidades e R$ R$ 1,1 milhão do Município. A Caixa Econômica Federal autorizou o início dos trabalhos e a ordem de serviço deve ser assinada neste mês.

Serão elaborados os projetos para, posteriormente, o Semae buscar recursos para as obras.

Além da Vila Mathias os demais núcleos isolados contemplados serão Biritiba-Ussu, Parque Varinhas, Parque São Martinho, Jardim Nove de Julho, Taiaçupeba, Quatinga e Chácara Guanabara.

“Investir em coleta e tratamento de esgoto é trabalhar de forma preventiva na saúde e na qualidade de vida das pessoas. No ano 2000, Mogi das Cruzes coletava 78% e tratava apenas 0,5% de esgoto. Hoje, o índice de coleta é de 95% e o de tratamento, 61%”, afirma o prefeito Marcus Melo. (Julio Nogueira)